Para brigar com Toyota Corolla, Honda Civic ganha câmbio manual de seis marchas e motor 2.0
Notícia Publicada: 02/02/2013 09:07:10

  

categorias: hondalançamentostestes e avaliaçõestodas as notícias
Honda Civic 2014 ganha opção de motor 2.0 (Fotos: Divulgação)

Honda Civic 2014 ganha opção de motor 2.0 (Fotos: Divulgação)

Ocupar a 2ª posição no ranking da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição dos Veículos Automotores) como sedã médio mais vendido no Brasil em 2012, com 50.490 unidades emplacadas, está bem longe de gerar uma crise na Honda. Mas a montadora japonesa quer mais que ser vice-campeã - ela quer ultrapassar seu maior rival, o Toyota Corolla (a partir de R$ 60.200). Para enfrentá-lo com mais atributos, a linha 2014 do Honda Civic passa a oferecer opção de câmbio manual de seis velocidades na versão de entrada (LXS, que parte de R$ 66.690) e motor 2.0 l para as configurações acima (LXR e EXR).

Modelo mantém botão Econ, que ajuda o motorista a dirigir economizando combustível

Modelo mantém botão Econ, que ajuda o motorista a dirigir economizando combustível

No visual, o Civic não mudou em nada. O sedã permanece com seu estilo elegante, mas agora oferece mais força nas versões que utilizam o novo motor, que é o mesmo que irá equipar o CR-V flex. O utilitário esportivo com propulsor bicombustível deve chegar ao mercado brasileiro entre abril e maio.

Com o novo motor 2.0 flex e 15 cv a mais do que o modelo 1.8, a potência do sedã aumentou para 155 cv disponíveis a 6.300 rpm (quando abastecido com etanol) e agora ele é capaz de gerar força de 19,5 kgfm a 4.800 rpm. De acordo com a marca, cerca de 80% do torque já é perceptível  aos 2.000 giros. A proposta deste motor é manter os atributos de economia de combustível, mas com mais vigor em rotações mais baixas.

Garantia do Honda Civic é de três anos

Garantia do Honda Civic é de três anos

ZAP Carros acelerou o modelo com novo motor na estrada, por cerca de 75 km, e pôde comprovar a promessa da montadora em relação à força do carro. Aos 110 km/h, o veículo permaneceu na casa dos 2.500 rpm, sem que o propulsor precisasse se esforçar muito para trabalhar. O sedã tem fôlego e fez ótimas ultrapassagens e retomadas durante todo o trecho percorrido.

Uma das novidades da linha 2014 é que a versão de entrada oferece opção de câmbio manual de seis marchas

Uma das novidades da linha 2014 é que a versão de entrada oferece opção de câmbio manual de seis marchas

O novo sistema flex que o motor 2.0 traz dispensa subtanque para partida a frio, o que proporciona ao sedã uma partida rápida e segura, segundo a fabricante. Isso acontece devido a um conjunto de aquecedores que entram em ação diretamente da linha de combustível e deixa a temperatura (principalmente do etanol) ideal para que haja uma combustão imediata.

Câmbio - A nova transmissão manual de seis marchas é opção apenas para a versão de entrada - o modelo 2.0 é equipado somente com câmbio automático de cinco velocidades. A Honda afirma que as relações entre a primeira e a quarta marcha foram mantidas. Já a quinta foi encurtada e a sexta alongada, o que pode ser conferido quando o motorista utiliza a última suavemente, sem que o carro implore por uma extra. A avaliação do modelo 1.8 pela reportagem do ZAP Carros também foi realizada em um trecho de cerca de 75 km.

Todas as configurações têm porta-malas com capacidade de 449 l e tampa forrada

Todas as configurações têm porta-malas com capacidade de 449 l e tampa forrada

Assim como não houve mudança no design, a suspensão e os freios não foram alterados. Tanto o modelo com motor 2.0 quanto o 1.8 mantiveram a carroceria estável e confortável durante trajeto na estrada. O isolamento acústico continua impecável.

De muito bom gosto permanece o acabamento do carro, porém uma das unidades avaliadas apresentou pequenas rebarbas. Seu tamanho se manteve: 4,52 metros de comprimento, 1,75 m de largura, 1,45 de altura e 2,66 m de entre-eixos. O tanque, no entanto, ganhou 13 litros a mais, tendo capacidade agora de 71 l.

Versão de entrada parte de R$66.690

Versão de entrada parte de R$66.690

Todas as versões da linha 2014 oferecem bluetooth, chave de canivete, travas e vidros elétricos, air bags frontais para motorista e passageiro e forração da tampa do porta-malas. A configuração intermediária é equipada também com farol de neblina e bancos de couro, enquanto a opção topo de linha se diferencia pelas rodas diamantadas, maçanetas cromadas, GPS, teto solar, controle de tração e estabilidade, sistema de assistência de frenagem de urgência, entre outros equipamentos.

Algumas concessionárias já receberam o carro e a promessa é de que até o carnaval o sedã já esteja disponível em todas as lojas da marca.

Confira o preço das versões do Honda Civic 2014:

LXS 1.8 Manual - R$ 66.690

LXS 1.8 Automática - R$ 69.900

LXR 2.0 Automática - R$ 74.290

EXR 2.0 Automática - R$ 83.890

* Viagem feita à convite da Honda

 

Fonte: www.zap.com.br
Português Brasil Español English Italiano
Guia Regional - Ano: | ANUNCIE EM NOSSO SITE | FAÇA SEU CADASTRO |
Sites e Sistemas Web